<=Voltar para o site
Acesso a Área Restrita
Para vizulizar os cadidatos e necessário estar logado no site
Conta:
E-mail:
Senha:
Código de Segurança:
Click on me to change image

<=Voltar para o site
Para recuperar sua senha é preciso que você informe o E-mail que foi informado no ato do seu cadastro.
E-mail:
   
Diabo em livro infanto-juvenil vira polêmica - Hora de Decidir - Por um Brasil mais justo e melhor!
Diabo em livro infanto-juvenil vira polêmica
"A Máquina de Brincar" traz poemas que colocam o diabo como uma figura simpática
  Matéria publicada em 15 de Março de 2017 as 09:03:37
   Reprodução
Reprodução
Um livro infanto-juvenil lançado há exatos nove anos virou alvo de críticas nas redes sociais, após ter trechos de dois poemas – um sobre Deus, e outro sobre o diabo – divulgados por uma mãe para quem a obra é uma heresia. Somente no Facebook o depoimento dela obteve mais de 60 mil compartilhamentos.
No livro “A máquina de Brincar”, o autor Paulo Bentancur descreve Deus como “criança pequenininha com medo de descer do céu”. Num trecho do poema “O que Deus nos deu”, consta: “Quem já viu a sua cara, quem já falou no ouvido desse pai tão escondido. Eu ainda não”.
Já no poema “O diabo que me carregue”, numa página de fundo escuro, com letras vermelhas, pode-se ler: “Ó diabo, meu amigo, vem, vem brincar comigo. A tua cara malvada deixa Maria assustada...” E ainda: ...“Todos os filmes de terror tu escrevestes com amor”.
O livro tem, ao todo, 25 poemas, e foi comprado pelo governo do São Paulo, segundo Bentancur, para ser distribuído nas bibliotecas de escolas públicas.

Fanatismo
O autor não sabe explicar a razão de a obra ter virado alvo do que ele define como “um movimento de fanáticos”.
Ateu confesso, Bentancur diz que, para ele, Deus e o diabo são “ótimos personagens de ficção”, com os quais brinca nos poemas. Na sua opinião, 90% dos que o criticam nem leram os poemas.
Autor de 30 livros já lançados, 25 dos quais infanto-juvenis, Bentancur diz que seus textos são bem-humorados. “Busco a beleza das palavras e das imagens. Não faço propaganda religiosa”, esclarece.
 
Mensageiro
Mas, para o pastor presidente da Igreja Adventista nas regiões Norte e Central do Estado, Jair Soares Lima, o livro de Bentancur “é desastroso”.
“Ele está sendo mensageiro do inimigo de Deus. O diabo não mostra sua cara, mas tem representantes aqui na Terra. E seu alvo maior são as crianças, o futuro do mundo”, assegura.
Doutor em Ciências da Religião, o professor Edebrande Cavalieri pensa diferente. “Sob regime do medo não se educa para a fé, para a vida, para Deus. Se o livro leva as pessoas a viverem com menos medo, a discutir a questão do mal com tranquilidade, ótimo. As pessoas têm uma imagem estereotipada do demônio”, diz ele.
(Claudia Feliz | cfeliz@redegazeta.com.br)

 
Fonte: GAZETAONLINE
           
Enviar Comentários.
Veja também!
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
FACEBOOK
PUBLICIDADE
Temos 58 usuarios on-line.
© Todos os direitos reservados a VIA CONECTE
Desenvolvimento PROMIX WEB
"Os justos brilharão como a luz do sol no Reino de Deus" (Mateus 13:43)