<=Voltar para o site
Acesso a Área Restrita
Para vizulizar os cadidatos e necessário estar logado no site
Conta:
E-mail:
Senha:
Código de Segurança:
Click on me to change image

<=Voltar para o site
Para recuperar sua senha é preciso que você informe o E-mail que foi informado no ato do seu cadastro.
E-mail:
   
Projeto de privatização do terminal Rodoviário de Xinguara é retirado de pauta - Hora de Decidir - Por um Brasil mais justo e melhor!
Projeto de privatização do terminal Rodoviário de Xinguara é retirado de pauta
Vereadores realizaram sessão extraordinária para votar a retirada de pauta. Em 06 meses projeto pode ser retomado para votação.
  Matéria publicada em 29 de Agosto de 2017 as 05:08:24
   Imagem: Antonio Guimarães
Imagem: Antonio Guimarães
Na terça-feira, 24, foi retirado de pauta por meio de votação em sessão extraordinária da Câmara de vereadores de Xinguara, o projeto de lei que previa a terceirização do terminal rodoviário da cidade.
Os trabalhadores que desenvolvem diversas atividades comerciais no terminal rodoviário João Galon, conseguiram um feito junto a Câmara Municipal, a votação por unanimidade do projeto de lei encaminhado pelo prefeito visando a concessão administrativa para empresa terceirizada.
O projeto foi retirado de pauta, porém, como explicou o vereador Olair Reis, PSB, não foi retirado de votação o projeto de lei, ao que pode ser retomado a qualquer momento a tramitação do projeto que prevê a terceirização, ficando, acertado, portanto, que o prazo de suspensão de pauta, conforme acordado, é de seis meses.
Os treze vereadores votaram apenas pela retirada de pauta, a pedido do prefeito, que, colocou como condição desse período, ser avaliado os resultados administrativos, que é de responsabilidade direta da prefeitura, bem como a arrecadação e despesas dentro do terminal rodoviário.
Para que o projeto não volte a ser posto em pauta para votação dentro do que prevê a proposta inicial da prefeitura, será levado em consideração as condições de arrecadação e custeio de manutenção da estrutura, que já no mês de julho, teve saldo positivo, com crescimento na arrecadação mediante as taxas cobradas.
 
Um grupo de pessoas que trabalha há anos nas dependências do terminal rodoviário compareceu à sessão e comemorou a decisão, pois considerava preocupante a forma em que uma empresa privada viesse a aplicar as cobranças de taxas para as atividades comerciais dentro da rodoviária.
 
Fonte: Hora de Decidir - Texto Antonio Guimarães
           
Enviar Comentários.
Veja também!
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
FACEBOOK
PUBLICIDADE
Temos 101 usuarios on-line.
© Todos os direitos reservados a VIA CONECTE
Desenvolvimento PROMIX WEB
"Os justos brilharão como a luz do sol no Reino de Deus" (Mateus 13:43)